Locadoras compram quase 21% da produção nacional de veículos

Fonte: Portal A Cidade On

A frota circulante das locadoras de automóveis ultrapassou a marca de um milhão de veículos. Nem mesmo o impacto da pandemia foi capaz de barrar a expansão da frota do setor de locação de veículos, que desde 2016 vêm obtendo crescimentos. Em 2020, o segmento contornou a grave situação dos primeiros meses da crise sanitária, quando carros foram devolvidos e contratos suspensos. As locadoras compraram 360.567 carros zero quilômetro no ano passado, equivalentes a 20,6% de todos os automóveis e comerciais leves emplacados em 2020 no Brasil.

A frota total do setor terminou 2020 com 1.007.221 veículos, superando pela primeira vez na história da atividade a marca de mais de um milhão de carros.

“O recorde foi atingido mesmo diante da dificuldade de comprar e receber carros novos, na medida em que as montadoras sofreram e ainda sofrem com a falta de insumos para retomar seu ritmo normal de produção”, explica Paulo Miguel Junior,  presidente da ABLA-Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis . “A preocupação de que não haja carros suficientes para a renovação da frota persiste, inclusive, para este ano de 2021”. 

Principalmente em função de tais entraves, as compras de carros novos por parte das locadoras (360.567 unidades) ficaram aproximadamente 33% abaixo daquelas realizadas em 2019, quando o setor emplacou 541.346 automóveis e comerciais leves. Porém, mesmo em ano de pandemia, o total de postos de trabalho nas locadoras subiu de 75.104 para 77.214; e o número de empresas ativas no segmento avançou de 10.812 para 11.053.

Paralelamente a isso, em 2020 foram vendidas 44,6 milhões de diárias de aluguel de carros, ante 49,6 milhões vendidas em 2019. Com isso, o faturamento bruto anual do setor caiu de R$ 21, bilhões para R$ 17,6 bilhões, enquanto o faturamento líquido recuou de R$ 19 bilhões para R$ 15,3 bilhões.

Marcas

No ranking de emplacamentos de automóveis e comerciais leves pelas locadoras, a montadora FCA tirou o pódio da General Motors (GM), que ocupava a liderança desde 2017, vendendo 31,56% (113.807 carros) do total de veículos comprados pelas locadoras no ano. Em seguida aparece a Volkswagen, com 25,51% e, no terceiro lugar, vem a GM (14,83%). O modelo mais emplacado por locadoras em 2020 foi Volkswagen Gol, com 38.284 unidades, desbancando o Chevrolet Onix, líder desde 2016.

Na frota total do setor de locação, incluindo os seminovos que permaneceram com as empresas aos zero quilômetro comprados no ano, A FCA também terminou o ano em primeiro lugar, com 244.613 carros (24,29%). A montadora italiana é seguida pela Volkswagen, com 223.628 veículos (22,20%) e pela GM, com 195.657 (19,43%) veículos na frota total do setor.

Publicado por

Sindloc ES

Sindicato das Empresas Locadoras de Veículos Automotores no Estado do Espírito Santo (Sindloc-ES)

Deixe um comentário