Embarcação do Uruguai chega ao Porto de Vitória e ficará aberto para visitações até este sábado

Construído em 1930, o ‘Capitán Miranda’ foi originalmente construído como navio de pesquisa hidrográfico, mas começou a ser utilizado como navio-escola a partir de 1978

Foto: Codesa/Divulgação

Após a partida do navio Logos Hope, a maior livraria flutuante do mundo, que ficou até o último domingo (20) no Porto de Vitória, uma nova embarcação atracou na capital e ficará aberta para visitações nesta sexta-feira (25) e no sábado (26). O ‘Capitán Miranda’ é um veleiro-escola do Uruguai.

A embarcação chegou nesta quinta-feira (24) em Vitória e ficará aberto para as visitas de 14h às 17h30 na sexta e no sábado. Os interessados poderão conhecer o interior do navio gratuitamente.

O navio está realizando uma viagem de instrução, já que o mesmo é usado para treinamento da Marinha do Uruguai. Ao total, são 77 tripulantes, futuros Oficiais da Marinha que estão no Espírito Santo.

História

Construído em 1930, o ‘Capitán Miranda’ foi originalmente construído como navio de pesquisa hidrográfico, mas começou a ser utilizado como navio-escola a partir de 1978. O Veleiro-Escola realiza Viagem de Instrução de Guardas-Marinha da Marinha uruguaia.

O nome é uma homenagem ao hidrógrafo e Capitán de Navio da Marinha uruguaia – equivalente a Capitão de Mar e Guerra na Marinha do Brasil – Francisco Prudêncio Miranda.

Fonte: Folha Vitória

Publicado por

Sindloc ES

Sindicato das Empresas Locadoras de Veículos Automotores no Estado do Espírito Santo (Sindloc-ES)

Deixe um comentário