Startup brasileira de aluguel de carros será acelerada no Vale do Silício

Criada em novembro, empresa fundada por ex-funcionários da 99 foi aprovada em processo concorrido

gettyimages-748341167-e1544135537726

São Paulo – A startup Kovi acaba de se tornar a sexta empresa brasileira a ser aprovada no disputado processo seletivo da Y Combinator, principal aceleradora do Vale do Silício. Oferecendo a customização e manutenção de carros alugados por motoristas de aplicativo, a startup fundada por dois ex-diretores da 99, pretende oferecer suporte para que os profissionais possam crescer na função.

A Kovi, que possui doze funcionários, iniciou suas atividades em novembro e, com poucas semanas de atuação, já conta com três mil motoristas na lista de espera. A alta demanda inicial é fruto da experiência que seus fundadores trouxeram da 99. Adhemar Milani Neto, ex-gerente geral, e João Costa, ex-diretor de produto, viram um nicho de atuação promissor no cenário brasileiro de mobilidade urbana, oferecendo um serviço mais aprimorado de aluguel de carros.

“Criamos a Kovi com o intuito de auxiliar o motorista a conseguir seu carro e ajudá-lo do começo ao fim do processo”, afirma Milani em entrevista a EXAME. Os fundadores contam que já saíram da 99, em julho deste ano, com o intuito de fundar a startup. Contando com o investimento do fundo brasileiro Monashees, que já apostou em empresas como Rappi, Yellow e Loggi, a startup foi estruturada entre três a quatro meses e já espera atingir resultados relevantes.

“Esperamos fechar o ano com algumas centenas de carros alugados como piloto”, diz Costa, que não revela o número de veículos disponibilizados atualmente por questões estratégicas. O valor do investimento também não é informado pela empresa.

Published by

Sindloc ES

Sindicato das Empresas Locadoras de Veículos Automotores no Estado do Espírito Santo (Sindloc-ES)

Deixe um comentário